NOTÍCIAS

Mondial: 10 cervejarias e muitos lançamentos

31/08/2018 Fonte: Boca No Mundo

Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.

Hora de começar a brincadeira com uma lista de 10 cervejarias que vale a pena visitar no Mondial de La Bière, com os respectivos lançamentos para o evento em 2018. As torneiras serão abertas às 16h de quarta-feira, dia 5 de setembro, para a festa cervejeira que ocupará por cinco dias, até domingo, os armazéns 2, 3 e 4 do Píer Mauá.

A organização anuncia mais de 160 cervejarias, 1.500 rótulos e 25 food trucks, além de 30 bandas em dois palcos. A pequena amostra a seguir indica tendências como o uso da madeira, a adesão aos estilo Catharina Sour e as primeiras levas das chamadas Brut IPAs.

Começando com a cervejaria RockBird, saudamos a fumaça em lançamentos como a deliciosa Rauchbier Fire It Up Monk (6,4% ABV), com quatro maltes defumados na razão de 75%, feita em parceria com a Hop Lab. Na torneira ao lado quem se pronuncia é a Reverberator, uma Rauch Doppelbock com 9,3% de álcool.

Marcas registradas da casa, as cervejas ácidas ocuparão mais da metade das torneiras, com a estreia no Brasil da Dark Forest Ale (7,5%), uma Dark Sour colaborativa com a canadense Common Good e a Overhop. Baseada na famosa torta, leva morango, cereja, framboesa e mirtilo na receita.

De Niterói, a Oceânica vai brindar seus muitos fãs com dois lançamentos, e lotes novos das NE IPAs Yellow Cloud e Purple Breeze, além das conhecidas Delicate Sea (Tripel) e Born to Rock (Double IPA) envelhecidas em madeira.

A Bright Sparks chega como abordagem da marca sobre o novo estilo Brut IPA, seco, aromático e de carbonatação expressiva; e a Wild Ruby é uma Flanders Red Ale com seis meses no carvalho e a adição de morango, amora e uva, além de lactobacilos e levedura Brettanomyces.

A mineira Antuérpia, por sua vez, promove a estreia da Perdição, uma NE IPA com adição de goiaba e lactose, e ataca no estilo Catharina Sour, com leveza de corpo e acidez, em três versões da nova Quintal (4,5%): Jabuticaba, Mexerica, e Morango com Hibisco.

Na categoria peso-pesado, a Russian Imperial Stout Nikita, em parceria com o chef Ronaldo Rossi, também se apresenta em trio: Vanilla Orgasm, com baunilha; Hazelnut Stuck, com avelã; e Cherry Hickey, com cereja.

Sempre guardando belas cartas a manga para o Mondial, a carioca Motim vem com 12 torneiras e a sequência do projeto Canudos Brasil, a Saison envelhecida em três madeiras nacionais, com linhagens de leveduras Brettanomyces isoladas no país. Estão nos barris desde novembro de 2017 as versões em Amburana, Jequitibá e Castanheira.

Serão lançadas também a Salem (NE Double Rye IPA), a Kofe Tzar (Imperial Stout com café (da Wolff Café), e a Folklore Weizen, uma clássica Weizenbier. Entre as colaborativas pinta uma série de Catharina Sour, como a feita com goiaba com a cervejaria catarinense Lohn.

Esfriou? Tá tranquilo no quartel general da Quatro Graus, com o pancadão da série 2018 da Black Anthrax (16% ABV), a ‘Brazilian Extreme Imperial Stout’ com melado, café, baunilha e carvalho (em chips). Versões como Coffea (café), Vanilla (baunilha) e Capsicum (pimenta dedo de moça) também estarão disponíveis em garrafa, para levar.

A marca do Rio vai plugar mais de 15 próprias ao longo do festival, e bela série de colaborativas que vão entrar em ação às 19h de cada dia. Como a Sweet Symbiosis, parceria com a cervejaria 5 Elementos, de Fortaleza, uma Imperial Stout (13%) feita com morango, mel, lactose, cacau e baunilha.

Outra envelhecida na madeira é a Mad Dwarf, um Stout com mirtilo, feita com a cervejaria homônima de Blumenau. A Oak Stick Bug (11,7%) também confirmou presença, uma Barleywine com Brettanomyces e seis meses no carvalho, tramada com a paulista Dádiva.

A Gaspar Family, de Tomás Gaspar e o clã cervejeiro produtor de excelências, traz novidades como a Tanja Sour, uma Berliner Weisse com adição sutil de tangerina. A Gasparator Oak é versão envelhecida em madeira da Doppelbock da casa, e também será apresentada uma Extra Special Bitter com café do Curto Café (torra média escura), colaborativa com a Base Bohemia.

As cervejas de linha da Gaspar estarão conectadas, a exemplo da Pacarye, uma Douple IPA com 25% de centeio e lupulagem extrema, com direito a dry hopping de ‘cryo hops’ de Citra e Cascade.

Outra carioca a trazer boas novas é a Farra Bier, que vai com 13 torneiras e lançamentos como Lap Dance Catharina Sour com Amora, Fireworks Brut IPA, Tomorrowland Double IPA, e a Citrus Paradise Session Fruit IPA, em colaboração com a Base Bohemia.

A cervejaria destaca a volta da #1, uma Oatmeal Stout, e a #2, uma Catharina Sour com tangerina que passou seis meses em barrica de carvalho de uso anterior para vinho Chardonnay, com adição de Brettanomyces. A Farra também destaca a nova identidade visual de suas latas de 350ml.

Boa novidade que vem do Recreio dos Bandeirantes, a Allez-y dos irmãos Marcelo e Ana Paula estreia no Mondial com a Doctor Ally (4,6%), no estande do Sebrae. Trata-se de uma Premium Bitter que vai agradar no primeiro gole aos fãs do estilo clássico inglês, ou quem deseja conhecê-lo.

Lançando um aplicativo cervejeiro inédito, com direito a realidade aumentada via QR Code nos rótulos – que abre tour virtual na fábrica, ‘gincanas’ no evento e diversas surpresas interativas -, a serrana Odin, de Itaipava (RJ), levará aos copos novidades como a Session Red IPA, e a Black Saison com ameixa preta e nozes.

A bela Imperial Stout com palo santo também foi convidada, e a Tanger IPA é uma colaborativa com a Rota Cervejeira do Rio, elaborada com tangerinas orgânicas da Serra Fluminense.

E a Sundog prossegue a viagem por estilos milenares apresentando um exemplar de Sahti, a bebida finlandesa feita ‘a caráter’, com o uso de centeio bagas de zimbro, fermentada com levedura e pedaços de pão, e perfumada lascas de carvalho embebidas em Aquavit, para um toque escandinavo de complexidade. A cervejaria informa que utilizou ferro e pedras quentes para o processo histórico de decocção. Também estará plugada a Pictii, uma cerveja Braggot, gênero medieval do norte europeu feito com hidromel.

O Mondial de la Bière ocupará o Píer Mauá, nos Armazéns 2, 3 e 4. Av. Rodrigues Alves 10, Saúde. O evento vai de 5 a 9 de setembro. Quarta e quinta das 16h à 0h; sexta e sábado, das 14h à 0h; e domingo, das 14h às 21h. Vendas pelo site www.mondialdelabiererio.com.

Leia também

USE AS TAGS #MONDIALDELABIÈRERIO E #MONDIALDELABIÈRERIOEUVOU E COMPARTILHE SEU AMOR POR CERVEJAS ARTESANAIS.

Informações, Dúvidas e SAC:
+55 (21) 2441 9319
Atendimento: 10h às 18h.
Endereço escritório:
Av. Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca – 22783-127

FAGGA EVENTOS – CNPJ 05.494.572/0001-98